A Clínica

“A saúde é um estado de completo bem-estar físico, mental e social e não apenas a ausência de doença”

- Organização Mundial de Saúde (OMS)
Na nossa clínica dispomos de um conjunto de Consultas, Tratamentos e Terapias que nos permitem realmente abordar o indivíduo como um todo!

Ao contrário da abordagem ocidental (alopática) onde os sintomas são vistos de forma isolada, numa prática integrativa aborda-se o ser em todas as suas dimensões (física, mental, emocional, social e espiritual).

Através de diversas forma de diagnóstico e tratamento procura-se devolver o equilíbrio ao organismo humano em todas as suas vertentes pois a saúde não é meramente a ausência de doença!

Numa abordagem integrativa existe tambem um grande foco na prevenção e deteção precoce de desequilíbrios bem como no ensino e empoderamento do paciente para que este esteja cada vez mais informado e capaz de cuidar de si.

Avaliando a relação entre os órgãos e estimulando o impulso curativo do organismo procura-se, portanto, tratar a causa do problema e não apenas os seus sintomas pois só desta forma é possível alcançar um estado de saúde pleno!

 

A Medicina Integrativa é uma abordagem terapêutica completa que conjuga os conhecimentos da Medicina convencional (alopática) com técnicas e conhecimentos de outras áreas da Medicina complementar, funcional e holística.

 
Os 7 Princípios da Medicina Integrativa e Holística

1- Envolver o paciente no seu próprio processo de cura.
2- Usar métodos (convencionais e alternativos) apropriados a cada situação.
3- Considerar todos os fatores que influenciam a saúde (corpo, mente, emoções, comunidade e espírito).
4- Privilegiar uma abordagem o mais natural possível evitando, sempre que possível, intervenções invasivas e tóxicas.
5- Estar estabelecida numa sólida base científica ao mesmo tempo que cultiva a abertura a novos paradigmas.
6- Empoderar o paciente capacitando-o a ser cada vez mais autónomo e envolvido na sua saúde.
7- Os terapeutas devem ser modelos de saúde, estando eles próprios comprometidos no processo de autodesenvolvimento.

- Dr. André Amorim